Podemos ser
mais felizes na
cidade onde vivemos!

Podemos ser
mais felizes na
cidade onde vivemos!

Podemos ser
mais felizes na
cidade onde vivemos!

Podemos ser
mais felizes na
cidade onde vivemos!

Pensar nas pessoas para redesenhar a cidade.

Pensar nas pessoas para redesenhar a cidade.

TÓPICOS
CITIZEN DESIGN
DESIGN RESEARCH
OPEN INNOVATION

TÓPICOS
CITIZEN DESIGN
DESIGN RESEARCH

TÓPICOS
CITIZEN DESIGN
DESIGN RESEARCH

“A cidade do Porto é considerada a cidade com as pessoas mais felizes do mundo!” Desafiámos a cidade do Porto a fazer com que esta notícia surja nas manchetes dos jornais em 2028. E como se consegue isto? Através de um conjunto de intervenções que promovam o bem-estar comum destas pessoas. E quem são estas pessoas?

“A cidade do Porto é considerada a cidade com as pessoas mais felizes do mundo!”

Desafiámos a cidade do Porto a fazer com que esta notícia surja nas manchetes dos jornais em 2028. E como se consegue isto? Através de um conjunto de intervenções que promovam o bem-estar comum destas pessoas. E quem são estas pessoas?

 “A cidade do Porto é considerada a cidade com as pessoas mais felizes do mundo!”

Desafiámos a cidade do Porto a fazer com que esta notícia surja nas manchetes dos jornais em 2028. E como se consegue isto? Através de um conjunto de intervenções que promovam o bem-estar comum destas pessoas. E quem são estas pessoas?

Aceda ao relatório final, com a metodologia e os desafios:

Pode aceder ao relatório final, com a metodologia usada e os desafios lançados, clickando para download.

Pode aceder ao relatório final, com a metodologia usada e os desafios lançados, clickando para download.

Para ler mais sobre o projecto relacionado e desenvolvido com alunos de Belas Artes da UP:

Pode aceder ao relatório final, com a metodologia usada e os desafios lançados, clickando para download.

Pode aceder ao relatório final, com a metodologia usada e os desafios lançados, clickando para download.

A Everythink presta muita atenção aos desafios que as pessoas enfrentam nas cidades. Este é um projecto para encontrar esse não-tão-óbvios desafios e soluções, iniciado pela equipa interna e depois partilhado com a sociedade. Lançado em 2018, a Everythink está agora, anualmente, a desafiar alunos de Belas Artes da Universidade do Porto para trabalharem sobre estes temas. Pode encontrar informação adicional aqui, e sinta-se à vontade para nos contactar. Teremos muito gosto em falar sobre este assunto!

satelite porto

Uma experiência nova para a população do futuro, que vê as cidades sem fronteiras físicas, como se vista do espaço.

Uma experiência nova para a população do futuro, que vê as cidades sem fronteiras físicas, como se vista do espaço.

Uma experiência nova para a população do futuro, que vê as cidades sem fronteiras físicas, como se vista do espaço.

Olhar para além das necessidades básicas que todos temos da água, acessibilidade, emprego, desafiamos o pensamento em torno de tópicos do contexto urbano como cenário para revitalização, cultura visual, bem-estar, saúde, prática desportiva, diversão e principalmente para recolhimento e acolhimento das pessoas.

Olhar para além das necessidades básicas que todos temos da água, acessibilidade, emprego, desafiamos o pensamento em torno de tópicos do contexto urbano como cenário para revitalização, cultura visual, bem-estar, saúde, prática desportiva, diversão, mas também para recolhimento e acolhimento das pessoas.

Olhar para além das necessidades básicas que todos temos da água, acessibilidade, emprego, desafiamos o pensamento em torno de tópicos do contexto urbano como cenário para revitalização, cultura visual, bem-estar, saúde, prática desportiva, diversão, mas também para recolhimento e acolhimento das pessoas.

Vestir os espaços públicos

Cobrir os espaços para abrigo e circulação de pessoas numa proposta que segue para além da visão funcional: criar ambientes que promovam uma experiência memorável desde um simples espelho a instalações complexas, utilizando materiais, estruturas e formas inusitadas, plantas ou iluminação.

Vestir os espaços públicos

Cobrir os espaços para abrigo e circulação de pessoas numa proposta que segue para além da visão funcional: criar ambientes que promovam uma experiência memorável desde um simples espelho a instalações complexas, utilizando materiais, estruturas e formas inusitadas, plantas ou iluminação.

Vestir os espaços públicos

Cobrir os espaços numa proposta que segue para além da visão funcional: criar ambientes que promovam uma experiência memorável desde um simples espelho a instalações complexas, utilizando materiais, estruturas e formas inusitadas, plantas ou iluminação.

Adult Playful

Criar e disponibilizar mobiliário no espaço público, voltado para utilização de adultos, mais divertidos, marcantes e interativos para experienciar novas maneiras de sentir o ambiente, atraente para o local e para o comércio em redor.

Adult Playful

Criar e disponibilizar mobiliário no espaço público, voltado para utilização de adultos, mais divertidos, marcantes e interativos para experienciar novas maneiras de sentir o ambiente, atraente para o local e para o comércio em redor.

Ginásio ao ar livre

A pesquisa visual procurou trazer ideias de como o design, aliado a engenharia e arquitetura podem proporcionar inovação nas áreas da cidade destinadas a promoção da saúde da população. As respostas a esse tema podem ser criativas e conectadas ao tema anterior que propõe a diversão, mas também podem ser criados espaços dedicados ao ginásio para uso diurno e noturno. Para além do autocuidado, espaços bem planejados e bonitos são incentivadores e aprazíveis de se estar.

Ginásio ao ar livre

A pesquisa visual procurou trazer ideias de como o design, aliado a engenharia e arquitetura podem proporcionar inovação nas áreas da cidade destinadas a promoção da saúde da população. As respostas a esse tema podem ser criativas e conectadas ao tema anterior que propõe a diversão, mas também podem ser criados espaços dedicados ao ginásio para uso diurno e noturno. Para além do autocuidado, espaços bem planejados e bonitos são incentivadores e aprazíveis de se estar.

Sentir o silêncio 

A felicidade também está ligada a calma e o relaxamento. As pessoas precisam baixar o seu ritmo frenético do dia-a-dia para descansar, mas também para imergir num estado de apreciação. Como poderemos contribuir para algo que as pessoas precisam para serem felizes, como o silêncio?

Sentir o silêncio 

A felicidade também está ligada a calma e o relaxamento. As pessoas precisam baixar o seu ritmo frenético do dia-a-dia para descansar, mas também para imergir num estado de apreciação. Como poderemos contribuir para algo que as pessoas precisam para serem felizes, como o silêncio?

Sentir o silêncio 

A felicidade também está ligada a calma e o relaxamento. As pessoas precisam baixar o seu ritmo frenético do dia-a-dia para descansar, mas também para imergir num estado de apreciação. Como poderemos contribuir para algo que as pessoas precisam para serem felizes, como o silêncio?

New feminism

Propomos um olhar profundo sobre esse movimento mundial de conscientização que se tornou uma tendência com fortes correntes nas redes sociais, sem ser algo de cunho político. Neste sentido, como a cidade poderia inovar e atrair este segmento que está a crescer?

New feminism

Propomos um olhar profundo sobre esse movimento mundial de conscientização que se tornou uma tendência com fortes correntes nas redes sociais, sem ser algo de cunho político. Neste sentido, como a cidade poderia inovar e atrair este segmento que está a crescer?

City for singles

Para além do enfoque para a cultura e a diversão, este tema traz uma reflexão quanto a cidade para pessoas solteiras e sozinhas, como prevenção e não como combate à solidão e exclusão social. Cada vez mais, a tendência das pessoas ficarem solteiras como opção de vida, torna pertinente este olhar sobre como pode a sociedade estar preparada para um boom de pessoas com outras exigências de socialização, de companhia e de acompanhamento. 

City for singles

Para além do enfoque para a cultura e a diversão, este tema traz uma reflexão quanto a cidade para pessoas solteiras e sozinhas, como prevenção e não como combate à solidão e exclusão social. Cada vez mais, a tendência das pessoas ficarem solteiras como opção de vida, torna pertinente este olhar sobre como pode a sociedade estar preparada para um boom de pessoas com outras exigências de socialização, de companhia e de acompanhamento. 

Branco

DESIGN FOR CHANGE

DESIGN FOR CHANGE

Made in Porto.

 

 




FACEBOOK     INSTAGRAM     LINKEDIN  




FACEBOOK     INSTAGRAM     LINKEDIN     TWITTER




FACEBOOK     INSTAGRAM     LINKEDIN     TWITTER

Rua Alfredo Allen, 455
4200-135 Porto

info@everythink.com
+351 220 301 570 

Rua Alfredo Allen, 455
4200-135 Porto

info@everythink.com
+351 220 301 570 

Rua Alfredo Allen, 455
4200-135 Porto

info@everythink.com
+351 220 301 570 


Made in Porto

Rua Alfredo Allen, 455
4200-135 Porto

info@everythink.com
+351 220 301 570

 

Made in Porto. 

© 2019 EVERYTHINK - ALL RIGHTS RESERVED

© 2019 EVERYTHINK - ALL RIGHTS RESERVED

© 2019 EVERYTHINK - ALL RIGHTS RESERVED